Inércia Sensorial

28 de November de 2008

Internet Explorer 6 e feeds RSS

Filed under: Programação — Tags: , — inerte @ 16:44

Um cliente acabou de mandar um email reclamando que o Internet Explorer 6 dele mostrava o XML ao clicar em um arquivo de RSS na página principal do site.

Pois bem, o IE 6 não sabe o que é RSS. Enquanto eu concordo que deveríamos ter feito algum tipo de tratamento para o IE 6, por exemplo não mostrar o link ou fazer uma página intermediária de assinatura, esse post não é sobre isso.

Faz teeempo que eu não uso o Internet Explorer 6 e não confio na versão que vem no Multiple IEs para todas as coisas. Então procurei na internet, só para confirmar as minhas suspeitas, que o IE 6 não sabe como tratar RSS, e bem… achei um site, na segunda ou terceira página de resultados, falando sobre isso.

Então estou aqui gravando para a posterioridade. É horrível usar essa palavra, pois como eu desejaria que o IE 6 estivesse morto… mas é certo de ainda termos alguns anos com essa praga.

27 de November de 2008

Deletar até o final da linha no vim

Filed under: Programação — Tags: , — inerte @ 18:13

O comando para deletar tudo até o final da linha atual no vim é:

d$

Explicação:

O comando d pode ser seguido de um comando de movimento. dw remove uma palavra (delete word). Como o cifrão vai até o final da linha, d$ remove todos os caracters até o final.

Diretório para os arquivos temporários e de backup do vim

Filed under: Programação — Tags: , — inerte @ 17:57

Cansei dos arquivos .swp e ~ criados pelo vim infestarem meus diretórios. Basta editar o arquivo de configurações do editor (.vimrc no Linux e _vimrc no Windows) colocando o seguinte:

" liga o backup
set backup
" Aonde gravar os arquivos de backup
set backupdir=c:\temp
" Onde gravar os arquivos temporários
set dir=c:\temp

Para especificar uma localização diferente. Troque c:\temp pelo diretório que você deseja.

18 de November de 2008

Idéias não dão negócios

Filed under: Geral — inerte @ 00:21

Tem muita gente ganhando dinheiro vendendo água e pizza.

Outro dia eu estava no banheiro e comecei a pensar em montar uma empresa. Primeiro imaginei qual a indústria aonde rola mais grana, e acabei concluindo que todas as empresas no final das contas ganham dinheiro de consumidores, a ponta é de pessoas físicas.

E do quê todo mundo precisa? Ora, comer, ir no banheiro e dormir. Pensei em montar um negócio onde você pudesse ir dormir e comer.

Então caiu a ficha que eu pensei em hotéis. Fui realmente um revolucionário, não acha? Reinventei o hotel pensando de trás pra frente.

Mas a verdade é realmente essa, idéias não dão negócios. Não há momentos de Eureka! nas empresas de sucesso. Evolução sim, revolução não.

Claro que tudo depende de quão longe você olha. A empresa mais querida dos últimos tempos são propagandas salpicadas em um mecanismo de buscas, e sites de buscas existem há tempos. Eles tiveram a idéia de considerar links como votos de qualidade, mas e daí? 99% do resto do Google é encontrado em outros lugares.

Claro que esse um por cento restante varia. Outros exemplos, a página inicial leve e a separação entre anúncios e resultados de pesquisa, e as propagandas de texto, e a velocidade, e a localização, e etc. São um monte de pequenas coisas que colocam o Google em primeiro lugar.

Pensando assim, o melhor não é montar um empresa baseada em cima de uma boa idéia, mas sim tentar criar um ambiente onde as grandes idéias, o conjunto delas, forme um todo otimizado. É a cultura geral, o dia a dia da gerência, os pequenos detalhes combinados, que importam.

Por isso não adianta ficar esperando a lâmpada certa acender no momento certo, aquela epifania divina salvadora. Vale mais a pena fazer bem feito.

Powered by WordPress