Inércia Sensorial

2006-02-17

Dicas de um iniciante para você anunciar no Google AdWords

Filed under: Geral — inerte @ 10:38

Há três dias, convenci meu chefe a anunciar no AdWords. A história começou assim, eu mesmo abri a conta, mas ainda não havia confirmado a forma de pagamento, pois apenas queria verificar quais eram os termos que poderiam pagar melhor por clique, e montar um site em cima disso. Quem sabe, meu sonho de viver nas Bahamas enquanto o dinheiro do AdSense pingava na conta poderia virar realidade. Achei *ÓTIMOS* termos, de R$ 1,00 à R$ 2,50 por clique, e a primeira versão de um dos sites planejados já está no ar.

Enfim, enquanto eu mexia na ferramenta de palavras-chaves para descobrir esses termos, o aviso de quê eu ainda não havia especificado a forma de pagamento não parava de aparecer. Foi então que decidi, ora, eles dizem que aceitam cartões de débito, vou pegar o meu e gastar os R$ 20,00, pois precisava descobrir melhor como funcionava o AdWords, e aproveitar e anunciar o VirtoNet, que é um dos sistemas feitos no lugar aonde eu trabalho.

Primeiro, é falado que aceitam “debit cards” mas nos formulários só aceitam cartão de crédito, não de débito. Tudo bem, vinte reais, mandei bala. Passaram-se 72 horas desde minha inscrição, com certeza existem mais pessoas com experiência do que eu para falar sobre essa ferramenta de anúncios, mas eu gostaria de compartilhar meu aprendizado. Então, depois de apenas três dias no AdWords, vamos às dicas!

Termos diretos

Acho que todo mundo que anuncia no AdWords já leu dicas sobre as diferenças entre apostar nos termos “bicicleta” e “acessórios para mountain bike”. Inclusive, são os termos dos vídeos educacionais da própria seção de Ajuda do AdWords, apesar de estarem na língua inglesa.

Funciona assim, se você é uma empresa que vende acessórios para bicicletas do tipo mountain bike, como você investiria seu dinheiro? Se você apostar no termo “bicicleta”, você irá mostrar seus anúncios (e possivelmente pagar por um clique) de pessoas que não estão interessadas nos seus produtos. Isso porquê seu anúncio potencialmente será mostrado nas procuras por:

bicicleta: Quando pode ser alguém procurando vídeos ou maiores informações sobre a “bicicleta” no futebol.

bicicleta: Quando pode ser um pai procurando dicas para ensinar seu filho a dar suas primeiras pedaladas.

bicicleta: Quando pode ser alguém procurando informações, ou até comprar, bicicletas ergonométricas.

Imagine-se no lugar do seu cliente, e direcione as palavras-chaves. Aposte em termos que sejam adjetivos objetivos do seu produto ou serviço. bicicleta mountain bike é melhor, mas você não vende bicicletas inteiras, apenas os acessórios. Então, vá na jugular: acessórios para mountain bike(s) é a melhor opção. Descreva seu serviço com precisão.

Sinônimos de termos diretos

Invista nos sinônimos ou em termos alternativos: Use o Keyword Tool que o Google disponibiliza! partes de/para mountain bike, pedais para mountain bike, ferramentas para mountain bike, etc…

Termos diretos para produtos

Cobertos os principais termos do seu serviço e sinônimos, comece a detalhar as ramificações: Aposte em combinações de termos que descrevam os principais produtos, os de maior procura ou maior lucro. Aposte em câmbio(s) shimano, aposte em freios avid, etc…

Termos indiretos

Essa dica pode ou não pode funcionar para você, depende dos seus objetivos. O AdWords promove-se e todo mundo fala dele como uma ferramenta para aumentar o Return Over Investiment (ROI). Ou seja, com centavos, você pode alcançar o público que está procurando exatamente por aquilo. Você tem acessórios de mountain bike para vender, alguém digita no Google essas palavras e BAM! Seu anúncio está ali na cara da pessoa.

Mas existem outras duas visões que eu adquiri usando o AdWords, uma do seu público e outra, da marca. A propaganda no mundo inteiro é assim, com esses três aspectos. O direto, “compre na loja X por Y”, o indireto, “se você anda de bicicleta, você pode querer comprar loja X”, e a promoção da marca, “compre X pois ela faz Y”.

Novamente, coloque-se no lugar do seu cliente. Será que o esportista que anda de mountain bike só entra no Google para comprar acessórios para a bicicleta? Claro que não! Ele também procura informações sobre “ecoturismo”, ou ainda, “ecoturismo de mountain bike”.

Por exemplo, procure no Google por “campeonatos de mountain bike”. Nenhum anunciante (no momento, pelo menos). A aposta por termo para exibir propaganda nessa página de resultados, e nas relacionadas na rede Google com o AdSense, deve ser a mais baixa possível, por volta de R$ 0.03 e R$ 0.05.

Porquê não anunciar a sua loja para essas pessoas? São pessoas que, no momento, talvez não precisem do seu produto, mas no mínimo, quem sabe elas colocarão sua página nos Favoritos, ou lembrarão do endereço e da marca quando precisarem de acessórios.

O terceiro aspecto é mostrar sua propaganda em assuntos ainda mais distantes, como pessoas famosas. Não conheço nenhum campeão de mountain bike, mas suponhamos que o nome dele seja “Julio Nobrega”. Quem procuraria esse nome no Google? Provavelmente alguém que anda de mountain bike, tem interesse no esporte, ou tem interesse em campeonatos. E provavelmente, essa pessoa tem uma bicicleta que ou precisa de acessórios hoje ou precisará amanhã.

Qualidade da página

Ainda estou investigando o quanto a qualidade da página afeta a colocação dos anúncios. Pelo que andei lendo na internet, afeta, e muito, mas ainda não tive como mensurar.

Posso garantir uma coisa, uma procura pelo termo que nós no trabalho mais desejaríamos que as pessoas chegassem no VirtoNet, ou seja, você cairia na nossa página se procurasse por software jurídico, ainda não acontece. Alguns são os motivos, o mais óbvio é o baixo PageRank da página. Isso não me preocupa, pois é um serviço pouco divulgado e com semanas de vida. O tempo trará os links, e quem sabe alguém falando no software.

Outro motivo é a maneira do layout, texto e design da página. Não fizemos querendo otimizar o código para ser indexado pelos mecanismos de busca, pelo contrário! A página deve vender o serviço, e temos outros métodos de divulgação. Sem a preocupação técnica de conseguir um PageRank alto, acho que não vamos conseguí-lo mesmo por um boooom tempo, mas tudo bem.

Obrigado!

E é isso, espero que eu tenha conseguido transmitir qualquer coisa que o valha a vocês. Pretendo seguir com mais artigos, detalhando todas as dicas desse, ou ainda trazendo novas, mas precisarei de mais pesquisa sobre como funciona o AdWords. Até lá!

6 Comments »

  1. Olá amigo, também tenho interesse pelo adSense e adWords, me inscrevi no adSense para o meu portal de notícias sobre tecnologia e queria saber se você já pesquisou algo sobre usar o que ganhou no adSense diretamente no adWords, se isso é possível e se você já experimentou.

    Comment by HTK — 2006-02-24 @ 03:06

  2. HTK, pelo que ouvi falar, não é possível usar os ganhos do AdSense no AdWords 🙁

    Comment by inerte — 2006-02-24 @ 09:57

  3. Bom dia:

    Achei seu artigo e gostaria de comentar que caso queira mais dicas sobre como otimizar sua campanha no Google Adwords, vc pode consultar meu livro “Google Adwords – a arte da guerra” no site http://www.Livroadwords.com.br

    É o primeiro livro sobre criação, manutenção e otimização de campanhas no Google Adwords em Português. Espero que seja de seu interesse.

    Atenciosamente,

    Ricardo Vaz Monteiro
    (O autor)

    Comment by Ricardo Vaz Monteiro — 2006-08-25 @ 15:27

  4. Olá Ricardo!

    Livros desse tipo não são coisas que pessoalmente me interessam, mas vou deixar seu link aí. No começo, seu comentário estava a ponto de receber o filtro de Spam do WordPress, quando fui e visitei o site. O produto é legitimo, o site é bem feito, não é uma malandragem como muitas pessoas que vendem PDFs pela internet.

    Não estou atestando pela qualidade (não li, como te disse), mas fica como dica de recurso a quem cair nessa página.

    Abraços e boa sorte 🙂

    Comment by inerte — 2006-08-25 @ 16:06

  5. Obrigado !

    Comment by Ricardo Vaz Monteiro — 2006-09-05 @ 10:55

  6. House fox vicodin….

    How long does vicodin withdrawal last. Vicodin. Vicodin at overseas pharmacies. Is it safe to snort vicodin….

    Trackback by Vicodin. — 2010-04-14 @ 23:10

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.

Powered by WordPress